segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Jantar entre amigos

Um casal de anfitriões simpáticos, bem humorados, que, mais do que oferecer a casa, oferecem aconchego, nos deixam à vontade, nos recepcionam com belos vinhos, um bom queijo e nacos de pão com azeite extra virgem...
Nossa tarefa era levar a sobremesa!
Outro casal, para mim verdadeiros mestres cucas, eram responsáveis pela entrada e pelo jantar!

Outros dois amigos levam vinhos e mais simpatia!












A restrição alimentar dos anfitriões fazem a criatividade dos chefs se aguçar: nada de carnes! Só vale peixe!

Não é o primeiro jantar desta turma. O anterior, primeiro que eu participei, há alguns meses, acho que nunca vou esquecer: o melhor salmão que já saboreei!!! (Fico arrasada de não ter a receita. Snif!) Para acompanhar: massa fresca com pesto de manjericão e pinholes! Hummm... Só de lembrar fico a salivar...

Melhor voltar ao jantar em questão!

De entrada (faltou a foto!): finíssimas fatias de berinjela grelhadas (sem óleo), chegavam sequinhas à mesa, prontas para serem mergulhadas num molho leve, que certamente levava limão, azeite e alho e, talvez também água, vinagre e algo mais... Leve, delicioso.

O jantar foi Cação ao Molho de Damasco e Risotto de Alho Poró e Queijo Brie: d e li ci o sos!!! Sem comentários! Deixo as fotos falarem o que eu não posso descrever! (Até porque, novamente, não tenho a receita! Buaaá!)


A sobremesa eu fiz duplamente inspirada! Explico: certa vez conseguimos obter a receita de uma sobremesa deliciosa que era servida em um café-livraria de BH, o Caraque, servido sempre com uma bola de sorvete de creme ou uma porção de chantily. Isto foi há muito tempo... O marido chegou a preparar uma ou duas vezes e depois perdemos a receita! Isto mesmo: o papelzinho desapareceu! Tentamos redescobrir a receita de todas as formas: Google, blogs, amigos, revistas e nada... Chegamos a tentar algumas receitas que se aproximavam, em geral tinham nome de Salame de Chocolate, mas nenhuma era tão boa. Quando já tinha desistido de procurar, por pura coincidência, encontrei num site do Jamie Oliver uma foto linda de um doce que parecia muito com o Caraque, só que era muito mais colorido. Tentei traduzir a receita e mesmo sem entender tudo eu vi que não era o mesmo doce... Mas tive a certeza que um dia ia redescobrir a receita do caraque e fazê-lo ficar tão colorido quanto o doce do Jamie. E foi o que aconteceu! Nosso papelzinho precioso foi encontrado no meio das receitas da minha sogra! E como eu já tinha planejado, incrementa daqui, substitui dali e aqui está a minha nova versão para o Caraque:

Minha versão do Caraque
500g chocolate amargo
2 latas de leite condensado
1 tablete de manteiga (200g)
3 pacotes de biscoito maizena
100 g de amêndoas
2 xícaras de uva passas (pretas e brancas)
100g de nozes
100g castanha do pará
60g de pistaches (para aparecerem os pontinhos verdes!)
75g de damascos (para colorir de laranja!)
15 cerejas em calda (o vermelho que não podia faltar!)
3/4 xícaras de conhaque


Moer os biscoitos. Misturar o leite condensado, a manteiga derretida, as passas e os damascos (picados) embebidos no conhaque. Picar grosseiramente o pistache e juntar. Triturar as nozes, os castanhas e as amêndoas e acrescentar. Colocar as cerejas. Misturar bem com as mãos.

Derreter 300g do chocolate e misturar na massa até encorpar.
'Forrar' 2 formas de bolo inglês com plástico filme (2 camadas, deixando sobrar para cima para facilitar na hora de desenformar). Despejar nas formas e levar ao freezer por algumas horas (eu deixo umas 6 horas).

Derreter o restante do chocolate. Desnformar e cobrir com o chocolate derretido que vai endurecer rapidamente. Voltar ao freezer por mais um tempinho só para endurecer a cobertura.

Fatiar e servir com uma bola de sorvete!


Rende muito, mas pode ficar guardado no freezer em um saco plástico!

14 comentários:

Nana disse...

Flavinha,

eu adoro esses encontros, é tudo de bom!
Adorei o cardapio da noite e o seu doce me deixou aqui com desejos.
Ui..
bjs

Mari Azevedo disse...

Flavinha querida, que delícia de encontro e de jantar... amei a receita dessa sobremesa, como sou uma chocólatra de plantão, e tenho mais dois em casa, vou reproduzí-la qquer dia desses... =D
Beijão linda!!

Marcia disse...

Flavinha, que jantar simpático. Estes momentos valem muito.
Esta sobremesa, vou guardar para as festas, linda
A foto (ficou boa não, mas foi de coração) da lavanda que tenho aqui em casa, está no blog para você.
Assim que vierem novas flores, refaço a foto.
bj

PH disse...

Pra variar, deu água na boca!


Hmmmmmmm..

bjos prima!

Naninha disse...

É tão bom um jantar entre amigos. Sua sobremesa ficou ótima!
Beijos e ótima semana!

Agdah disse...

Eu nunca tinha ouvido falar de caraque, mas achei interessante.

Leonor de Sousa Bastos disse...

...E lá cheguei eu aqui!...:)

Achei o máximoo textinho do seu "about", mas esta sua sobremesa, a julgar pelo aspecto e pela receita, deve ficar mesmo muito boa!!
...fez sucesso de certeza!:)

Cris disse...

Que encontro maravilhoso, adorei as fotos, parecem de revista. Bjs!

ameixa seca disse...

Reuniões de amigos são sempre encontros memoráveis :)
Esse doce eu não conhecia... tem uma cara muito boa :)

laila disse...

flavinha q maravilha de jnatra...realmente abre o apetite...e sua sobremesa....ai q loucura...bom agora vc nao perde mais a receita!!bjs

Téia disse...

Flavinha, vim te conhecer, que blog lindo, virei freguesa. E já vou te adicionar, amei. AFF, este encontro foi tudo de bom, como é bom encontrar amigos e comer coisas maravilhosas como estas. A sobremesa nem te falo, tô babando. Bj nova amiga.

mesa para 4 disse...

Que delicia de jantar ,tudo bom, comida e boa companhia ...beijinho

Eliana Scaramal disse...

Aí eu queria tanto a receita do peixe e do risoto, humm que maravilha!!

A mesa tão linda a louça bonita, adorei!!

www.saboresdalica.blogspot.com

Ana disse...

Só posso fazer uma interjeição: "C araque" !!!!
Vão adorar essa sobremesa em casa.
Beijos, tá tudo gostoso, viu ??