segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Dia das crianças e torta de amoras!!!


Dia 12 de outubro. Dia das Crianças. Dia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Este ano caiu no domingo e infelizmente eu não pude passar o dia com meus menininhos fofos, mas nem por isso deixei de comemorar com eles! Dois dias depois preparei um lanche, com tortas escolhidas a dedo para agradar os pequenos: torta salgada sabor pizza e torta doce de amoras do sítio!

Tanto o sobrinho de quase 4 aninhos, como o afilhadinho de 1 ano e 5 meses aprenderam a falar 'pizza', ou melhor, 'quitzaaa' muito antes de palavras que esperávamos que eles falassem logo! Os dois vibram quando vêem uma pizza indo para a mesa!

Queria preparar algo prático, saudável e saboroso e por isso fiz uma torta cuja massa é toda feita no liquidificador e o recheio é do que a gente quiser!

Torta sabor pizza
Massa
1 xícara de óleo
2 xícaras de farinha de trigo
3 colheres de sopa de queijo ralado
1 colher de sopa de fermento químico em pó
5 ovos
1 xícara de leite
3 colheres de salsinha picada (desta vez usei orégano)

Recheio
2 cenouras picadinhas em cubinhos bem pequenos (para ficar mais saudável)
1 lata de molho de tomate
azeitonas picadas
palmito picados
queijo mussarela ralado
1 linguiça defumada cortada em rodelas
tomates cereja (acho que usei aroximadamente 1 xícara)
manjericão fresco (usei bastante, do roxinho!)

Modo de preparo: Bater tudo no liquidificador. Despejar metade no pirex. Colocar o recheio. Cobrir com o restante da massa. Levar ao forno médio, pré-aquecido, por aproximadamente 30 minutos.

Não tem fotos por razões quase óbvias: como servir o lanche, dar atenção aos pequenos e ainda fotografar?

Amora é outra paixão em comum dos dois! No sítio eles pedem para ir ao pé para apanhar e comer!

Quando eu vi esta receita no blog Baunilha e Caramelo, da Andrea, só pensei neles! Foi o primeiro semi-frio que eu preparei! Não ficou perfeito, especialmente na apresentação, inclusive porque eu não fiz na forma adequada, mas valeu, ficou lindinho e uma delícia!

Semi-frio de Amoras

Base:
1 ovo
1 colher de sopa de água quente
60 g de açúcar
1 colher de sopa de açúcar baunilhado (eu usei apenas o açucar comum e extrato de baunilha) 30g de farinha
25g de farinha maisena
½ colher de chá de fermento

Creme:
2ml creme de leite
1/2 lata de leite condensado
6 folhas de gelatina incolor (eu usei 1 pacotinho de gelatina incolor em pó)
¾ de xícara de chá amoras silvestres

Cobertura:
1 embalagem de gelatina de frutos silvestres (usei gelatina de amora)
Amoras o quanto baste


Preparação:
Base:
Pré-aquecer o forno a 180º. Untar uma forma redonda de alumínio (22 cm) com manteiga e polvilhar com farinha.
Bater os ovos com a colher de sopa de água quente, usando a batedeira eléctrica na velocidade máxima durante 1 minuto, até a mistura ficar espessa e com espuma. Adicionar o açúcar e o açúcar baunilhado, bater continuamente durante 2 minutos.
Juntar a farinha, a maisena e o fermento em pó, usando a batedeira na velocidade mais baixa até obter uma massa fofa. Transferir a massa para a forma e levar ao forno até estar cozido (teste do palito).
Retirar do forno, com a ajuda de uma faca soltar lateralmente o bolo da forma e posteriormente desenformar.

Creme:
Dissolver a gelatina conforme embalagem. Juntar o leite condensado ao creme de leite e misturar bem.
Acrescentar a gelatina e as amoras.
No prato de servir (convém ser totalmente raso), colocar um aro de semifrio (sem o fundo), colocar o bolo e espalhar o creme por cima. Levar ao frigorífico até solidificar totalmente.


Cobertura:
Fazer a gelatina conforme as instruções da embalagem. Deixar arrefecer completamente e levar ao frigorífico até prender um pouco (não deixar solidificar totalmente). Deitar a gelatina por cima do creme e dispor as amoras por toda a superfície.
Levar novamente ao frigorífico até solidificar completamente.


As fotos não estão muito boas pelas mesmas razões quase óbvias descritas acima! Mas como amoras temos apenas 1 vez por ano, fiz um esforço maior para pelo menos fotografar!


É um doce bem leve, pouco doce (marido lindo até estranhou a esposa formiga fazendo doce assim!), de sabor suave, mas que foi aprovadíssimo por todos! Acho que o meu ficou ainda mais suave porque utilizei mais amoras 'canadenses' do campo do que as amoras silvestres propriamente ditas. As silvestres tem sabor mais ativo, tem mais azedinho, enquanto as canadenses são muito doces e de sabor muuuuito suave.


PS: As amoras que chamo canadenses são de uma muda que meus pais compraram há pouco tempo. Como na flora deram este nome e nós não sabemos se ele é o certo continuamos utilizando esta denominação!

À esquerda: amora canadense. À direita: amora silvestre.


12 comentários:

Simone Izumi disse...

Que inveja "das branca" de sua plantação de amoras!! Ui, que perdição...
comprei umas amoras congeladas terríveis e intragáveis...e tinha gosto de qq outra coisa, menos amora!yeckittt...
adorei esta torta, mas nao sei qdo arranjarei amoras tao bonitas qto as suas!!!!rs
bjs

Andreia disse...

Oi Flavinha :

Fiquei contente por saber que gostou do semifrio e que correu tudo bem :-) Tenho que dar os parabens porque foi o primeiro semifrio e ficou lindo!

Bjinhos
Andreia

ameixa seca disse...

Adorava provar as amoras canadenses... elas parecem bem maiores e gordinhas que as comuns :) E o semi-frio ficou bem bonito. Batam as amoras por cima como decoração :)

Mari Azevedo disse...

Flavinha querida, que sorte a tua ter amoras tão pertinho... aqui, ou congeladas, ou vez que outra no Mercado Municipal... no final da semana tô indo até lá buscar as minhas - que com certeza não são boas como as tuas, sem agrotóxicos e essa parafernalha toda!
Primeiro semifrio e já ficou lindo desse jeito? Menina, vc está de parabéns... as receitas da Andréia são mesmo maravilhosas, e vc executou esta aqui com perfeição.
Super beijooo

laila disse...

ficou maravilhosa sua torta....linda linda linda!!!e q vonatde de come-la!!!!bjs

Viviane Peçanha disse...

Achei lindo o semi frio e queria saber que gosto tem, pq eu nunca comi amoras, dá pra acreditar?!!! Nem nunca vi de perto!! rs
Bjs.

"Manjares da Manu" disse...

Que divina esta sua tora!!!Deve estar bem delíciosa!!!

Bjs...

Nana disse...

Flavinha, ficou lindo!
Em casa já fiz essa tortinha de pizza, dá para enganar bem com a real.
Bjs

Eliana Scaramal disse...

Eu também estou com inveja da sua plantação. Agora me encantei com a receita!!

www.saboresdalica.blogspot.com

Agdah disse...

Menina, eu morria e não sabia que era Na. Sra. da "Conceição". Eu achava que era somente Aparecida.

Naninha disse...

Já havia passado por aqui e espiado essa maravilha, só não tive mesmo o tempo de comentar. Essa torta ficou maravilhosa a amora tem uma cor que eu gosto muito, agora nunca provei a silvestre, deve ser bem gostosa.
Beijão!

Anônimo disse...

boas!
que merda de receita e esta!
o bolo de chocolate é que é!