sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Mastigando um chazinho... (Hã???)

Os melhores pães de todos os tempos (cuidado com o exagero, menina!)!!!

Sabe qual o segredo???

As mãozinhas (delicadas, curiosas e afoitas pela novidade) do menininho fofo!


Já tinha muito tempo que eu queria fazer o Pão Santo, uma receita que eu vi em alguns blogs... O pão é santo porque, ao invés das ervas, do pão de ervas, leva Capim Santo, ou seja, Erva Cidreira.

Já tinha um tempinho também que eu queria fazer uma experiência culinária com o sobrinho fofo!

Juntei o útil ao agradável e fui muito feliz: como no sítio tem muitas moitas de erva cidreira, peguei os demais ingredientes e tudo que precisava para fazer o pão (xícaras medidoras, balança e até a forma de bolo inglês!) e levei para o sítio, sabendo que o menininho fofo estaria lá!


Comecei o domingo assim:

- Querido da tia, vamos fazer um pão verdinho com as ervas lá da horta do vovô?

Ao que obtive a sincera resposta com uma expressão bem desanimada:

- Ah, tia, mas eu queria brincar... Brinca comigo?

Ops! Abordagem errada! E lá fomos nós brincar na casinha dos sete anões!

Depois de brincar bastante, quando ele já estava em busca de uma nova brincadeira, eu tentei de novo, com nova tática:

- Querido, vamos brincar de fazer pão?

E desta vez ele respondeu:

- Vamos!



Feliz da vida, com todos os ingredientes já separados, eu o levei até o quiosque ao lado da piscina! Praticamente ao ar livre, sem neuras com a sujeira que poderia acontecer e com pia, bancada, forno/fogão e uma grande mesa de madeira!


Coloquei uma cadeira em frente à bancada, pertinho do liquidificador, e outra em frente à mesa, pertinho da bacia grande! Assim ele subia na cadeira para acompanhar e principalmente participar de tudo: começamos pelo tradicional pão de ervas, colocando os ingredientes no liquidificador - água, óleo, azeite, sal, açúcar e etc; depois colocamos os ovos - eu quebrei o primeiro e ele os outros; em seguida, fizemos uma rápida visita à horta e colhemos as ervas; na volta ele jogou tudo no liquidificador e delirou ao ligar e ver tudo se misturar lá dentro! Riu de dar gosto! Depois, desceu de uma cadeira e subiu na outra para misturarmos tudo à farinha e ao fermento! Ele adorou lambuzar a mão na massa! E esperou pacientemente até eu terminar de sovar, para juntos lavarmos as mãos!


Foi uma delícia nossa brincadeira! Ele gostou tanto que em seguida topou fazer outro pão, desta vez o Pão Santo - mais fácil ainda!


As massas descansaram e enquanto os pães assavam ele já estava na piscina, brincando a valer!



Olha o resultado da nossa brincadeira do dia!!!

Pão de capim Santo (receita original da Renata Gaeta aqui, eu modifiquei só eliminando o alho e a cebola)

- 3 ovos
- 2 xíc. água
- 200ml óleo
- 2/3 pacotinho de fermento biológico seco (o outro 1/3 eu usei no pão de ervas!)
- 3 colheres (sopa) açúcar
- 1 colher (sopa) sal
- aprox. 10 folhas grandes de capim-santo
- 5 xíc. farinha de trigo



Em uma bacia grande peneirar a farinha com o fermento. Bater no liquidificador as folhas de erva cidreira com a água. Em seguida coar. Juntar no liquidificador este suco verde perfumado com os outros ingredientes, bater e juntar à farinha com fermento na bacia. Misturar bem com as mãos. A massa fica mole mesmo. Untar uma forma grande (no meu caso usei forma redonda de bolo com furo no meio, das grandes. No caso de fôrma de bolo inglês acho que ia precisar de duas) e enfarinhar. Deixar descansar por 1 hora coberta com um pano úmido. Assar em temperatura média por uns 35 minutos.


Enquanto assa ele perfuma todo o ambiente. É um pão bem fofinho, macio e úmido. Fica levemente esverdeado e o mais engraçado é o sabor: afinal você tem a impressão que está comendo um chá, entende? Eu comi uma fatia ainda quente com um tiquinho de manteiga... Perfeito! Aprovado!


O pão de ervas eu fiz do mesmo jeito de sempre, sem dispensar o alho! Só que desta vez eu reduzi a receita 'no olho' para caber em apenas uma fôrma grande de bolo inglês (que está mais para fôrma de pão de fôrma industrializado!), já que em geral ele rende 2!

*****************************

Bom, enquanto estávamos lá, envolvidos em 'brincar de fazer pão', o afilhadinho fofo estava 'dançando' com o radinho de pilha do padrinho colado no pescoço. Muito fofo!


19 comentários:

Canela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canela disse...

Lindo bolo e delicioso na certa!
Obrigada pela visita e comentarios.
Bj

ameixa seca disse...

Que dia agradável né?
Cozinhar junto é delicioso :)
Bom fim de semana!

EU MULHER disse...

Maravilho o seu dia! Gostei da novidade do pão de capim santo, nunca o provei. Deve ser uma gostosura.

Bjus

Nana disse...

Menina, eu quero!!
Fazer comida com criança e comer esse pãozinho.
Eles são lindos!!
Acho que vc já pode arriscar de ser mãe, será uma mãe perfeita.
Bjs

Viviane Peçanha disse...

Obrigada pelo carinho!!!! Espero que meu pé fique bom logo e os problemas com o tempo vão sendo resolvidos, se Deus quiser!
Um bj.

"Manjares da Manu" disse...

Esse pão deve ficar bem bom e diferente, nunca comi, mais deve ser bem gostoso!!! Haaaa obrigado por sua visita, e eu ía adorar se vc fizesse a minha receita!!! Depois me fala se gostou!!!

Bjs....

Mari Azevedo disse...

Ai que delícia de pãozinho, flor, além de lindo... adorei!!! Vou adorar fazer com minha filhota, que não é mais uma menininha fofa, mas uma adolescente mega curiosa.. rs
Bjo grande!

Leonor de Sousa Bastos disse...

Mas que dia delicioso e que brincadeira mais apetitosa a sua com o seu sobrinho!:)

Esses pães deviam estar uma maravilha!:)

Ana disse...

Ah, mas eu ia brincar muito com esse menino fofo.
E esses pães ficaram muito bonitos viu :?

Naninha disse...

Que brincadeira literalmente gostosa hein?! humm e que fofinhos esses pequenos são!
Beijos e ótima semana!

Talula disse...

As vezes eu enso em comprar uma maquina de pão, mas e a graça de fazer pão com eles?
:)
Beeeijo

Pracinha do tempo disse...

Olá. Muito obrigado pela visita e pelo comentário.
Esse pequenino é super fofo.
Cozinhar com crianças é super fofo, mas experimente lavar a louça também. Cá em casa dá para fazer um filme com minha filhota a lavar a louça, sim, porque ela já é uma senhora e tem que ajudar a mama, (são as palavras dela para me convencer a deixá-la subir para a cadeira e lavar a louça).
Volte sempre no meu cantinho que também vou passar por cá.
Muitos beijinhos para voce.

Gina disse...

Ando com uma vontade de voltar a fazer pães... Ainda mais agora que meu marido está de regime, aberto a comer integrais, coisa que não fazia jamais!
Esse pão está lindinho e deve dar um cheirinho maravilhoso quando assa.
Bjs.

Eliana Scaramal disse...

Um luxo só, as duas coisas o ajudante e o pão!!

www.saboresdalica.blogspot.com

Elba disse...

Hum....
Você também gosta de pães...Adoooooooro!!!
O seu perfil é um dos mais originias que já li por aqui. Amei!
Beijos! :)

laila disse...

mais q deliciosa brincadeira... e o pão santo...ai q delicia! adoro! bjs

Simone Izumi disse...

Flavinha!! Que pão lindo e que menino fofo!!!!
A casa deve ter ficado um perfume só!!!
A tapioca granulada nao é o polvilho doce...ao invés de ir no mercadão...vai no supermercado!!rs...o meu é da yoki e vc encontra junto com aqueles pacotes de fubá, polvilho...qq coisa, acho que tem ele no site da yoki!
bjaoooo
si

Juliana disse...

Nossa, Flavinha, que massa!!! :-)
Além de produtiva e gostosa, essa brincadeira é muito saudável para a criança! Você é uma tia maravilhosa mesmo!!!
Beijinhos, Ju.