quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Um segredo...


(foto daqui)

O homem disse que tinha de ir embora — antes queria me ensinar uma coisa muito importante:
— Você quer conhecer o segredo de ser um menino feliz para o resto da sua vida?
— Quero — respondi.
O segredo se resumia em três palavras, que ele pronunciou com intensidade, mãos nos meus ombros e olhos nos meus olhos:
Pense nos outros.
Na hora achei esse segredo meio sem graça. Só bem mais tarde vim a entender o conselho que tantas vezes na vida deixei de cumprir. Mas que sempre deu certo quando me lembrei de segui fazendo-me feliz como um menino.

Fernando Sabino
Trecho do livro O menino no espelho.

Nem sempre é fácil, mas sempre tem alguém praticando! Está duvidando? Então espia aqui! Um ato de doação e um depoimento de coração!

11 comentários:

Fer Ayer disse...

Flavinha...gostei muito do texto, me identifiquei, porque procuro pensar sempre nos outros e fiquei feliz.
Beijos

ameixa seca disse...

Bela lição!!!
Infelizmente não posso doar sangue... estou abaixo do peso! Mas adorava fazê-lo :)

Naninha disse...

Eu assim como a meixa não posso doar sangue por baixo peso, mas tenho muita vontade doar!
Beijos

BETO disse...

Flávia, nos dias de hoje esse texto se faz necessário. As pessoas estão muito centradas, olhando para o próprio umbigo sem se preocupar com o outro. Ótimo para refletir. Abraços.

disse...

Flavinha, adorei a receita simples de felicidade e concordo plenamente com ela. Ah! E fiquei emocionada com a surpresa linda preparada pelo maridão para comemorar o aniversário de casamento. Parabéns! Bjs

PH disse...

Muito bom priminha!

E legal! Vc divulgou minha campanha "doe sangue"!

Tudo a ver com o "pense nos outros!"

Bjin!

laila disse...

sabe q eu passo aml toda vez q doou sangue, mas de 4 em 4 meses estou eu lá deitadinha...sem reclamar...fico só fazendo cara feia e sei q irei precisar de 2 suquinhos logo em seuguida, sem levantar...sou fracote.

bjos e paarbens pelo incentivo!

Fabrícia disse...

Mas que belo texto....
Adorei...
Merci pelo carinho .... também estou com saudades .... Tenho estudado e trabalhado muito....aagora também aos sabados e domingos. Obrigada pelas palavras.....você me entende tão bem.
Bjcas para ti.

Aline Neme disse...

É a mais pura verdade Flavinha!

Nunca devemos fazer com os outros que que não queremos que façam conosco!

Penso nisso sempre!

Agora tb do na onde do pensar verde. Tô mudando minhas atitudes com relação ao resto do mundo!

Bjundas

Filipa disse...

Flavinha, que belo texto.
Eu infelizmente também não posso doar sangue por ter anemia e o meu peso ser abaixo do recomendado mas era uma coisa que se pudesse fazer, fazia sem pensar duas vezes.

beijinhos

p.s. muito obrigada pelo comentário super carinhoso que deixou no meu blog

Mari Azevedo disse...

Oi querida, obrigada por comentar no meu blog novinho... sabe que aqui em SP também não se acha mais sementes de papoula? Que pena, são tão gostosas... :(
Lindo e muito profundo teu texto... se todas as pessoas pensassem um tiquinho mais no próximo, acho que o mundo não estaria caótico como está... fico feliz por haver pessoas que têm uma filosofia de vida parecida com a minha: tratar os outros como você gostaria de ser tratado.
Grande beijo,

Mari

P.S.: estou linkando teu blog!