sexta-feira, 4 de abril de 2008

Um furacão passou por aqui...

De repente o interfone toca...

Vestida com um roupão, com a toalha enrolada feito turbante na cabeça, entro em pânico e grito para o marido (como se no pequenino apartamento não bastasse sussurar): "Atende! É o cliente, que veio buscar o projeto!".

Cliente maluco! Pontualidade britânica já costuma me pegar de surpresa, mas pontualidade argelina já é demais: ele sempre chega 15 minutos antes! (Se é sempre não sei porque eu já não previa!) Será que todo argelino é assim?

Caos instalado... Abre gaveta, fecha gaveta! Procura a calça jeans escura: ficou no banheiro, não dá para buscar com o cliente na sala! Pega outra calça! Coloca a primeira blusa que encontra! Horrível! Tira bem rápido quase arrancado as orelhas, coitadas... Joga em cima da cama que a esta altura já recebeu a toalha molhada e o roupão! Veste outra blusa! Pensa em que calçado colocar! Ah! Vai de chinelo mesmo, pois estou em casa e havaianas tem estilo! Começa a tentar pentear o cabelo com os dedos, pois lembra que a escova está no banheiro, do outro lado do corredor! Onde será que o marido indicou para o cliente sentar? Imagina se saio do quarto descabelada e dou de cara com ele??? Vou ter que arriscar! Atravesso o corredor feito um vulto! Ufa!!! Ele não me viu! Penteia o cabelo de qualquer jeito, ainda ensopado! Respira fundo... Recompõe-se da respiração até ofegante... E vai para a sala, entregar o projeto para o cliente...

Projeto entregue, tudo certo. O cliente vai embora... Tranco a porta e começo a juntar envelopes, papéis, caneta e lapiseira, já que a entrega do projeto não foi tão tranquila assim, afinal não era um simples 'entregar', na verdade tinha que mostrar, explicar, assinar...
Olho para o corredor e o marido organizado e sempre pontual está saindo do quarto, carregando em uma mão a toalha molhada e na outra, o ropão... Com um sorriso de repreensão, mas também achando graça, ele diz: "Já entendi porque os piores furacões tem nomes femininos... O Furacão Flavinha acaba de passar pelo nosso quarto! Ficou uma bagunça..."

PS: Claro que este episódio foi no início da semana, ou seja, antes do post anterior, antes de ficar quase careca, quando ainda tinha cabelo para enrolar com a toalha!

8 comentários:

Anônimo disse...

ótimo, adorei.

Anônimo disse...

Este “ótimo, adorei” é do papai.

claudia disse...

FURACÃO mas somos desenrascadas..num minutos conseguimos pensar em tudo o necessário! Parabéns às mulheres-furacãoooo!!!

laila disse...

ahha adorei o post..eu me desesperei depois me recompus só de ler amgino vc!eheh bjs

Fabrícia disse...

Ahahaha......que furacão hein.
Bjcas.

Marcia disse...

eheheh, estou rindo até agora, boa semana que vem para vocÊ. Apareça para um chazinho com pão de queijo.

Receitas da Filipa disse...

Que episódio engraçado... Volta e meia também me acontece uns episódios desses...

Beijinhos

Juliana disse...

Oi Flavinha! Passei aqui para retribuir a 'visita'!!
Senti-me totalmente solidária a você! E chegar com 15 minutos de antecedência é tão deselegante quanto com 15 minutos de atraso, a meu ver! Veja se isso é coisa que se faça!!
Abraços,
Juliana